NOSSO JEITO DE ENSINAR

Procuramos estimular o aprendizado por meio de soluções de aprendizagem com metodologias inovadoras e capazes de transferir o conhecimento para a prática, gerando transformação e mudança de comportamento que impactam diretamente no resultado.

Conheça nossos métodos:

Andragogia

Ensinamos e desenvolvemos adultos com base nos 6 princípios da Andragogia:

 

1 – Necessidade de saber:

Desenvolvemos nos participantes o interesse em saber sobre o assunto, torná-los consciente de que aquilo a ser exposto será importante para ele e por consequência para o negócio.

2 – O autoconceito do aprendiz:

Trabalhamos a questão de ser adulto e aprendiz ao mesmo tempo e possibilitamos que esse aprendizado essa autodirigido pelo participante, que ele se sinta responsável pelo seu desenvolvimento.

3 – O papel das experiências:

Diferente da criança o adulto possui uma experiência de vida maior e levamos isso em consideração durante seu processo de aprendizagem, solicitamos que contribua com suas experiências e consideramos o seu estilo de aprendizagem para construção das ações de desenvolvimento.

4 – Prontidão para aprender:

Desenvolvemos um aprendizado significativo para os adultos, isto é, todas as ações de desenvolvimento são desenhadas com conteúdo que são aplicáveis no seu dia a dia. Durante a transferência de conteúdo, aplicamos atividades que simulam a vida real, o que possibilita o participante a estar apto para aprender e facilita a utilização na pratica.

5 – Orientação para aprendizagem:

Os adultos são motivados a aprender conforme identificam que a aprendizagem os ajudará a executar tarefas ou lidar com problemas que vivenciam em sua vida. Precisa ficar claro qual a aplicabilidade desse conteúdo no seu cotidiano.

6 – Motivação:

Diversos fatores motivam um adulto, isso está relacionado aos objetivos pessoais de cada um, porém as ações de desenvolvimento podem ser o caminho para alcançar esses objetivos.

Modelo de Aprendizagem 70/20/10

Essa solução permite uma divisão das ações de aprendizagem em que:

70 % – Experiências on the job, tarefas e soluções de problemas reais.

20% – Troca, colaboração, feedback, coaching, além de observação e trabalho com role models.

10% – Aprendizagem formal (cursos, leituras, etc)

A base desse modelo de desenvolvimento começa com um desafio de realizar uma tarefa nunca realizada até então e que a aprendizagem ocorre em sua maior parte durante os desafios ocorridos no dia a dia o, seguido pelos feedbacks e orientações dos gestores e 10% com cursos e leituras.

Nós desenvolvemos todo um programa com base nessa metodologia, para garantir que a aprendizagem seja mais efetiva e significativa para os participantes.

Nesse modelo o aprendizado é dimensionado para fora da sala de aula, utilizamos o ambiente de trabalho e o relacionamento interpessoal para contribuir com o processo de ensino aprendizagem.

6Ds

A 6 Disciplinas ( 6Ds) prepara os programas de desenvolvimento para que eles estejam alinhados à estratégia do negócio e que tragam resultados reais para a empresa.

Existem 6 passos para construção de um projeto de desenvolvimento, que estará efetivamente ligado com o resultado real do negócio, aumentando a contribuição do RH para com os objetivos organizacionais.

D1 – Definir resultado de negócio
O D1 é para lembrar onde queremos chegar. Olhar para o resultado que a empresa está querendo atingir e conectar as ações de desenvolvimento com as estratégias do negócio.

D2 – Desenho da experiência de aprendizagem completa
Construir os programas ou ações considerando todas as fases de aprendizagem: preparar, aprender, transferência e atingir os resultados.

D3 – Entregar para aplicação prática
Garantir que o conteúdo da sua aprendizagem terá valor prático, que poderá ser aplicado no dia a dia e receberá feedback da sua atuação.

D4 – Coordene a transferência de aprendizagem
É o desenho do processo de transferência, garantir que os participantes terão ambiente para reproduzir o que aprenderam, que terão oportunidade para usar suas novas habilidades e que serão incentivados e apoiados pelos gestores e colegas. Assim poderão fazer na prática o que aprenderam.

D5 – Dar apoio a performance
É o apoio a performance do participante, acompanhar para garantir que o que foi desenho para transferência, terá apoio e instrumentos para ser aplicado no dia a dia.

D6 – Documentar os resultados
Mensurar os resultados trará uma informação valiosa do investimento que foi feito, assim é possível avaliar se está no caminho certo e se cabe possíveis ajustes.